Hexis, Teethgrinder, cruelist e thorne @ Barracuda, Clube de Roque, 2019

THÖRNE (10)

THÖRNE (14)

TEETHGRINDER (15)

TEETHGRINDER (2)

HEXIS (19)

HEXIS (18)

CRUELIST (12)

CRUELIST (1)
Galeria Completa AQUI
Fotografias de Luis Azevedo

Posted in Fotografias | Tagged , , , , , | Leave a comment

Soul Rising Fest II – 2019

4DollarLlama-19

4DollarLlama-8

3AllAgainst-2

3AllAgainst-7

2RevengeOfTheFallen-8

2RevengeOfTheFallen-7

1HPS-8

1HPS-13
Galeria Completa AQUI
Fotografias de Andreia Vidal

Posted in Fotografias | Tagged , , , , , | Leave a comment

SublimeVilla Bairrada MetalFest

06 Serrabulho (10)

05 Avulsed Official (17)

04 EQUALEFT (3)

04 Corpus Christii (3)

03 Phantom Vision (11)

03 BIOLENCE (3)

02 BOOBY TRAP (17)

02  Estado de Sítio (9)

01 SECRET CHORD (9)

01 Motim (12)

Galeria completa AQUI
Fotografias de Luis Azevedo

Posted in Fotografias | Tagged , , , , , , , , , , , | Leave a comment

RIGS of DOOM w/ Lord of Confusion + Boulder

Lord of Confusion (8)

Lord of Confusion (2)

Boulder (4)

Boulder (5)
Galeria Completa AQUI
Fotografias de Luis Azevedo

Posted in Fotografias | Tagged , , , , , | Leave a comment

Halloween Em Almada, 2019

verme-10

verme-15

theriomorphic-16

theriomorphic-8

enblood-9

enblood-11

Galeria Completa AQUI
Fotografias de Luís Queirozhttps://flic.kr/p/2hF6jnZ

Posted in Fotografias | Tagged , , , , , | Leave a comment

Raio-XIS visita em pormenor Men On The Couch

Encerramos a semana com mais um Raio-XIS, desta feita apresentamos os Men On The Couch, a banda é originária da Madeira e acabaram de lançar o seu álbum “Senso Comum“. Um álbum diferente que promete não só mexer o corpo, mas também a mente.

Enjoy!

52033960_2202771126653284_5485575356217819136_n

1. Qual o vosso percurso musical?

Começámos a tocar juntos na Madeira, por diversão. Inicialmente nem tínhamos nome e um dos actuais elementos, o Francisco (guitarra) ainda não estava connosco. Tocávamos covers na garagem da Dona Zita (avó do Guilherme, vocalista da banda). Mais tarde o Guilherme começou a escrever músicas em Inglês e toda a banda automaticamente alinhou no projecto. Começámos por gravar algumas músicas em casa, na garagem onde tocávamos mas a música nunca ficou com a qualidade que procurávamos. Viemos todos estudar para Lisboa e trouxemos a vontade de fazer barulho connosco. Tínhamos algumas faixas novas por gravar, em português, faixas essas que agora compõem o nosso primeiro álbum gravado em estúdio “Senso Comum”.

2. Como caracterizam o vosso projecto?

Nós apresentamos um som leve, fácil de digerir, que tanto consegue pôr a malta a soltar a anca, como a reflectir sobre temas que nunca tinham pensado antes.

3. Referências do mundo da música?

Radiohead, Arctic Monkeys, Los Hermanos, Tom Jobim, Benjamim, Capitão Fausto.

4. Quais são os vossos filmes/livros favoritos?

Guilherme: Despertar da Mente/Kitchen Confidencial

Tiago: Inception/Livros de Fantasia em geral

João: Senhor dos Anéis/The silmarillion

Francisco: Django Unchained/Sapiens

5. O que vos encanta no mundo enquanto artistas?

O amor e as idiossincrasias do ser humano. A facilidade que a musica tem de mudar a disposição e de provocar sentimentos no público é também fascinante e procuramos sempre provocar esses efeitos em quem nos ouve.

6. Se a vossa música pudesse mudar alguma coisa na mentalidade das pessoas o que gostariam que fosse?

Se calhar que todas a coisas podem ser vistas de várias perspectivas. As músicas deste álbum abordam temas do senso comum, mas por vezes com uma perceptiva diferente do comum. O amor, a morte, as críticas e os sentimentos podem ser sempre levados com alguma ironia e leveza que não é característica destes temas. É um pouco isso que tentamos transmitir na nossa música.

7. Onde gostariam de tocar ao vivo?

Tocar em casa é sempre bom (Madeira), mas na verdade é onde temos tocado mais. Procuramos agora trazer a nossa música para os grandes palcos de Portugal. Temos como objectivo levar o nosso projecto pelo País, mas seria um sonho tocar num grande festival ou no Coliseu dos Recreios.

8. Quais os vossos projectos para o futuro?

Estamos agora focados na promoção e lançamento deste primeiro álbum. Mas se tudo correr bem não deverá ser o último.

9. Descrevam-se numa palavra

Salgados


 

Posted in Raio-XIS | Tagged | Leave a comment

Raio-XIS visita em pormenor Tiago Vilhena

De volta as consultas, e desta vez por terras de Lisboa com Tiago Vilhena.

Aqui ficam as respostas

72760299_2457978284477684_5565179044586061824_n.jpg

1. Qual o teu percurso musical?

Dei o primeiro concerto aos 16 e depois passei muitos anos sem tocar. Aos 22 juntei me aos Savanna com quem estive até sabe-se lá quando. Há 3 anos criei a personagem George Marvinson para cantar as minhas músicas. Entretanto tive uma banda chamada Eugene com quem fiz um álbum que eu adoro, mas que nunca lançámos. Agora canto como Tiago Vilhena

2. Como caracterizas o teu projecto?

É o projecto de alguém que se veste de branco quando quer vestir-se de preto e que um dia experimenta vestir-se de preto e fica com saudades do branco mas apesar disso começa a ambicionar vestir-se de cor de laranja!

3. Quais as tuas referências do mundo da música?

Vou dizer as primeiras bandas e músicos que me vierem à cabeça, sem nenhuma ordem lógica:

Beatles, Beach Boys, Eden Ahbez, Moondog, Victor Jara, Violeta Parra, George Dalaras, Fausto, Sergio Godinho, José Mario Branco, Zeca Afonso, José Almada, Pantera, Stravinsky, Leonard Bernstein, Jacob Collier, Prokofiev, Gustav Mahler, Dimitri Shostakovich, Beethoven, Vivaldi, Harry Parch, Doors, Mac DeMarco, Hong Kong Express, Bob Marley!

Isto foi uma tentativa de dizer rapidamente, sem pensar muito, os músicos que me viessem à cabeça. Claro que me faltam aqui muitos que eu adoro. Mas neste exercício que acabei de fazer de me lembrar rapidamente de alguns, foram estes que surgiram!!

4. Quais são os teus filmes e livros favoritos?

Filmes – Taxi Driver, 2001 Odisseia no espaço, Cinema Paraíso, Voando sobre um ninho de Cucos, Citizen Kane, 7 anos no Tibete e muitos mais

Livros – 100 anos de solidão é o meu número 1. Depois está o Moby Dick, O Banquete, o Siddhartha, 1984, Relato de um naufrago, A incrível e triste historia de Cândida Eréndira e da sua avó desalmada e alguns mais.

5. O que te encanta no mundo enquanto artistas?

Vou assumir que querias dizer “enquanto artista” e não “enquanto artistas”.

O que me encanta no mundo enquanto artista varia de dia para dia e penso que até hoje, já tudo me encantou!

6. Se a tua música pudesse mudar alguma coisa na mentalidade das pessoas o que gostarias que fosse?

Gostava de fazer com que as pessoas não achassem que se deve trabalhar muito. O trabalho como é visto hoje em dia rouba a vida e a vontade.

7. Onde gostarias de tocar ao vivo?

Não sei.

8. Tens mais projectos para o futuro?

Tenho um próximo algum. Não vos vou falar sobre ele. Mas posso dizer-vos que há pistas no álbum “Portugal 2018”

9. Descreve-te numa palavra

Posted in Raio-XIS | Tagged | Leave a comment