Novas bandas anunciadas no Festival Laurus Noblis 2019

Mais quatro bandas foram expostas, apresentando e desenhando assim um cartaz directo e carregado de influências positivas, com a estreia em Portugal dos germânicos Crematory com o seu gótico-metal, bem como a oferta de espaços para as bandas nacionais que merecem ser expostas e respeitadas. A par da edição de 2018, o Festival Laurus Nobilis Music continua apostar nos sons rock e de movimentos mais pesados. Um registo ganho e pronto para triunfar uma vez mais.

Formados em 2006 os Miss Lava chegam de Lisboa com Johnny Lee nas vozes, K. Raffah nas guitarras, J. Garcia na bateria e Ricardo Ferreira no baixo. Prometem fazer estragos no Laurus Nobilis 2019.

O projecto We Are Killing Ourselves (W.A.K.O.) surgiu sob o desígnio de Outrage em Janeiro de 2002, quando um círculo de amigos, com as mesmas influências musicais, tentou criar o seu próprio estilo de som.

Portugal é bem conhecido por seu fascínio com o mórbido. A morte faz parte da conversa diária. A nossa canção nacional, o Fado, é a encarnação musical do sentimento melancólico e doloroso mais conhecido por saudade. A partir de Lisboa, os Sinistro surgiram como uma concretização de duas paisagens musicais, uma exuberante e outra devastadora, impulsionadas por cinco indivíduos de círculos de arte distintas. O álbum, “Semente”, é um exercício fascinante em transformar este legado nacional num som escuro e fascinante.

O Festival Laurus Nobilis Music decorrerá nos dias 25, 26 e 27 de julho, em Louro (Famalicão).

Anteriormente já foram anunciados os suecos Entombed AD e os nacionais Wrath Sins.

Fonte: Laurus Nobilis Famalicão

Advertisements
Posted in Noticias | Tagged , , , , , , | Leave a comment

MASTODON regressam a Portugal

Mastodon

Dois anos após a última atuação em Portugal, os Mastodon regressam à Sala Tejo da Altice Arena, a 17 de Fevereiro de 2019, para apresentarem o seu mais recente álbum, “Emperor of Sand”, que dá mote à digressão europeia que começa em Belfast e termina em Lisboa. Lançado em 2017, “Emperor of Sand” recebeu o GRAMMY® de 2018 pela “Melhor Performance de Metal” com o tema “Sultan’s Curse” e foi ainda nomeado na categoria de “Melhor Álbum de Rock”. Na primeira parte de todos os concertos desta digressão actuam Kvelertak e Mutoid Man. Os bilhetes, que têm um preço único de 30€, ficam disponíveis nos locais habituais, a partir desta sexta-feira, 26 de Outubro, às 10h00.

Os promotores de cada espetáculo desta tour europeia farão doações para uma de três instituições escolhidas pela banda: The TJ Martel Foundation, Hirshberg Foundation for Pancreatic Cancer Research e Pancreatic Cancer Action Network, em homenagem ao antigo manager da banda, Nick John, que faleceu de cancro do pâncreas. Mais detalhes em mastodonrocks.com.

Nesta mais recente rota europeia, os MASTODON vão viajar pelo velho continente acompanhados pelos KVELERTAK e pelos MUTOID MAN

Fonte:  Prime Artists

Posted in Noticias | Tagged , , , | Leave a comment

BIFES FEST: Homenagem a Sérgio Curto

file2.jpg

No dia 17 de Novembro irá realizar-se o BIFES FEST, um festival de música destinado para homenagear e celebrar a vida de Sérgio Curto, o Bifes, que faleceu no passado dia 7 de Outubro.

O evento terá lugar no Nirvana Estúdios e conta com a participação de Anarchicks, Dollar Llama, Dr. Bifes e os Psicopratas, Mordaça, Peste & Sida , Jackie D, Bellenden Ker, Fonte, Simbiose e Trinta & Um.

Será um festival que espelha o espírito do Bifes, um ícone incontornável da cena hardcore de Linda-a-Velha e uma pessoa verdadeiramente única que tocou os corações de muitas pessoas com a sua alegria contagiante e generosidade.

Toda a receita reverte a favor da família de Sérgio Curto.
Evento: https://www.facebook.com/events/763754937309718/

Fonte: Against PR

Posted in Noticias | Tagged , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Mark Knopfler com data confirmada em Portugal

unnamed.jpg

MARK KNOPFLER ANUNCIA DIGRESSÃO “DOWN THE ROAD WHEREVER” COM DATA CONFIRMADA EM PORTUGAL DIA 30 DE ABRIL DE 2019
PRÉ-VENDA EXCLUSIVA PARA MEMBROS DO CLUBE DE FÃS A PARTIR DE 29 DE OUTUBRO NO SITE OFICIAL DO ARTISTA

Mark Knopfler, um dos artistas de maior sucesso de todos os tempos, anuncia digressão mundial para 2019. A digressão “Down The Road Wherever” começa em Barcelona no mês de Abril, terminando em Verona, em Julho. Portugal receberá o músico e a sua banda dia 30 de Abril, na Altice Arena.

Knopfler, que irá lançar o seu nono álbum a solo “Down The Road Wherever”, no dia 16 de Novembro, sempre considerou a tour como parte integrante do processo de lançamento de um álbum, indo da composição à gravação e terminando na estrada, com as novas e antigas canções.

Mark afirma que “as minhas músicas são feitas para serem tocadas ao vivo. Eu adoro todo o processo de escrevê-las sozinho e depois gravá-las com a banda, mas no final, a melhor parte é tocá-las ao vivo. Eu gosto de todo este circo, viajar de cidade em cidade e interagir com os grupos de fãs, é um verdadeiro prazer. Estou ansioso por esta digressão”.

Knopfler, que gravou “Down The Road Wherever” no seu estúdio em Londres, British Grove, apresenta-se em tour com a banda de 10 elementos, que o tem acompanhado ao longo das últimas duas décadas. São eles: Guy Fletcher (teclados) Richard Bennett (guitarra), Jim Cox (piano), Mike McGoldrick (apito e flauta), John McCusker (violino e citerna), Glenn Worf (baixo), Danny Cummings (percussão) , Ian Thomas (bateria).  Esta digressão contará ainda com dois novos elementos, Graeme Blebins (saxaphone) e Tom Walsh (trompete).

“Down The Road Wherever’” apresenta 14 novas canções de Knopfler, inspiradas numa ampla gama de temas, incluindo os primeiros dias em Deptford com Dire Straits, um fã de futebol perdido numa cidade estranha, a compulsão de um músico a pedir boleia para casa no meio da neve e um homem sem tempo no seu café local. Mark tem o olhar de um poeta para contar detalhes que inspiram as suas músicas com a sua psicogeografia única – “where the Delta meets the Tyne”, como o próprio descreve, e o seu caloroso tom de voz de Geordie e o hábil e ricamente melódico violão, são tão empolgantes quanto sempre. A digressão contará com uma selecção de novas músicas, misturadas com algumas bem conhecidas do extraordinário repertório e outras que poderão ser consideradas surpresas.

Aclamado como um dos maiores guitarristas de todos os tempos, Mark Knopfler já vendeu mais de 120 milhões de álbuns ao longo da sua carreira a solo e muitas das suas músicas tornaram-se sucessos incontornáveis, incluindo ‘Money for Nothing’, ‘Sultans Of Swing’, ‘Romeo & Juliet’ e ‘Walk Of Life’. Com oito álbuns a solo, além de gravar “Neck And Neck” com o grande Chet Atkins, colaborou com Emmylou Harris em “All The Roadrunning”. O músico é também responsável por várias bandas sonoras de filmes, incluindo “Hero local”, “The Princess Bride” e “Altamira”. Além de produzir os seus próprios álbuns, Knopfler também trabalhou em álbuns de nomes como Bob Dylan e Randy Newman, entre outros. O artista recebeu a OBE (Order of the British Empire) em 1999 e conquistou o prestigioso prémio Lifetime Achievement Award, nos Ivor Novellos em 2012.

30 de Abril // Altice Arena
Abertura de Portas: 19h30
>> O artista iniciará o espectáculo pontualmente às 21h00 <<

Fonte: Everything is New

Posted in Noticias | Tagged , , | Leave a comment

The Legendary Tigerman ‘Fuck Christmas, I got the Blues’

unnamed

TERÇA E QUARTA, 25 E 26 DE DEZEMBRO ÀS 23H

Na noite de Natal, o Rock n’Roll volta a descer à Terra para aquecer o coração aos solitários. Com as ruas vazias e os espíritos dominados por sentimentos confusos (alívio, paz, depressão, melancolia, tédio), não há nada como o estrépito do som da guitarra e a ameaça de uma voz tecida nas imagens da América profunda. Música fantasiosa para libertar da fantasia.

Após um ano sabático, o anfitrião volta a ser The Legendary Tigerman, num retorno às origens enquanto one-man band. É um caso raro, este. Um homem, com a sua música, sem alaridos, apenas com a convicção serena de que ela bastará para o sucesso do chamamento. Ora, no repertório do homem-tigre não faltam canções que têm, exactamente, a capacidade de congregar os outros à sua volta. E o mais importante, sobretudo nesta noite, não se impõem a quem as ouve. Deixam-se estar ou acomodam-se às emoções de quem chega. Não se pense que curam, que são uma espécie de lenitivos. The Legendary Tigerman não traz uma mensagem de harmonia ou de paz. Não faltará turbulência e agitação nesta noite.

O rock and roll foi feito para amar, sim, mas também para dançar. O que se pode fazer ao som de Bad Luck Rhythm N’Blues Machine senão dançar? Uma comunhão libertadora para os dias seguintes. Assim será este concerto onde todos serão meninos e rei magos.

Entrada: 15€ | Bilhetes disponíveis na Flur DiscosTabacaria Martins e ZDB

Fonte: Galeria Zé dos Bois

Posted in Noticias | Tagged , | Leave a comment

Raio-XIS visita em pormenor Huggs!

O Raio-XIS volta ao ataque e desta vez foi ao encontro dos Huggs.
Inspirados pela energia crua e indisciplinada do panorama underground britânico e pelas baladas românticas típicas dos anos 50 e 60, os Huggs nascem do contraste entre as melodias contagiantes do Duarte Queiroz na guitarra e voz e a irreverência punk e bateria pesada do Jantonio, quando os dois se conhecem por acaso num projecto de faculdade.

44271248_300304680792317_7012631431914455040_n.jpg

Qual o vosso percurso musical?

Jantonio: Só comecei a tocar bateria aos 15 anos. Desde aí que toco com bandas, a maior parte dentro da cena skate/punk/hardcore lisboeta, já toquei na rua também, dei aulas de bateria em casa e tentei fazer uma banda de covers para tocar em casamentos e bares. Falhou tudo.

Mas encontrei o Duarte um dia, antes de Huggs ele tocou umas vezes no jantar de natal da familia e conheci-o a ver guitarras eléctricas na net. Mas toca acústica e cavaquinho desde os 6 anos.

Como caracterizam o vosso projecto?

Nossa resposta: Um conflito entre o romântico e o sujo. Baladas românticas clássicas, dentro dum contentor do lixo, a tentar vir ao de cima. Não é propositado, mas como cada um de nós tem as suas influencias, jeitos musicais e forma de tocar, quando nos juntamos existe este choque entre dois extremos bastante fortes e vincados em termos emocionais, em que cada lado tem muito a dizer à sua maneira.

Resposta de quem nos ouve: Isso parece Strokes.

Referências do mundo da música?

Jantonio: Muito punk e reggae, dum extremo ao outro desde que me transmita um sentimento. Quanto mais a sofrer o artista estiver, e mais ao fundo fôr, melhor!
“É melhor ser alegre que ser triste / a alegria é a melhor coisa que existe / mas para fazer um samba com beleza / é preciso um bocado de tristeza / senão não se faz um samba não” – VM

O Duarte é o responsável pela vibe nostálgica da banda. Tem muito de clássicos como o Elvis Presley mas vai também à agressividade sofrida dos Nirvana e do Kurt Cobain. Sim, passa pelo indie e pelos Arctic Monkeys e pelos… Strokes.
Acaba por não haver uma referencia comum aos dois.

Quais são os vossos filmes/livros favoritos?

TRAINSPOTTING!!!!!!!!!!!!! (E Shameless).

O que vos encanta no mundo enquanto artistas?

Como as pessoas se manifestam em função da arte que as toca e consomem. Diz-me o que ouves, digo-te como és.

Se a vossa música pudesse mudar alguma coisa na mentalidade das pessoas o que gostariam que fosse?

Já se começa a ver um bocado o retrocesso, mas o mundo cada vez é mais perfeito, em 4k, com filtros e cores super brilhantes…. dentro dos ecrãs e dos 10 segundos de stories do instagram. Perdeu-se a arte do “tou-me a cagar”.

Sim, passas mal. Sim, acordas mais feio. Sim, as árvores não são tão verdes como no teu loading screen, mas a vida não é perfeita.

Onde gostariam de tocar ao vivo?

No intervalo do Super Bowl, com a shakira a abrir, mas antes passávamos por aqueles progamas de humuristas em que há uma banda qualquer a tocar no fim.

Quais os vossos projectos para o futuro?

Hmmm tocar? E talvez gravar um albúm.

Descrevam-se numa palavra
Comming-of-age.

 

Posted in Raio-XIS | Tagged , | Leave a comment

Dave Matthews Band digressão europeia com passagem por Lisboa

unnamed (1).jpg

Dave Matthews Band dará início à sua primeira digressão europeia desde 2015, com um concerto na Arena Zénith, em Munique, dia 06 de Março de 2019.  A tournée de um mês incluirá duas noites no Eventim Apollo em Londres (12 e 13 de Março) e os primeiros espectáculos de sempre da banda em Oslo (20 de Março), Varsóvia (25 de Março) e Bolonha (01 de Abril). Lisboa é a cidade escolhida para o encerramento da tour com um concerto dia 06 de Abril, na Altice Arena.

Os membros do clube de fãs DMB Warehouse Fan Association (warehouse.davematthewsband.com), terão direito a uma pré-venda, disponível a partir de dia 22 de Outubro. A venda geral terá inicio dia 27 de Outubro, nos pontos de venda oficiais. Todos os bilhetes adquiridos contarão com um link para download gratuito do novo álbum “Come Tomorrow”.

A banda premiada com um Grammy, vendeu mais de 24 milhões de bilhetes desde a sua criação e 38 milhões de CDs e DVDs conjuntos. Alguns dos muitos sucessos da Dave Matthews Band incluem “What Would Say”, “Too Much”, “Everyday”, “American Baby”, “Funny The Way It Is” e “Crash Into Me”. Esta última música ganhou nova aclamação após a sua inclusão nas duas cenas principais do filme Lady Bird, cinco vezes nomeado para Óscar em 2017.

Enaltecendo a recente actuação no Hollywood Bowl em Los Angeles, a revista Variety proclamou: “Não há nada dado como garantido num concerto de David Matthews Band… Não há dois concertos que se assemelhem remotamente”. A digressão da banda norte-americana de 2018 inclui dois concertos esgotados no Madison Square Garden em Nova Iorque.

Com o lançamento do novo álbum, Come Tomorrow, Dave Matthews Band tornou-se na primeira banda na história a estrear sete álbuns consecutivos em #1 na tabela da Billboard 200. O New York Times, na sua Escolha da Crítica observou “o optimismo desejado enche as músicas de ‘Come Tomorrow’ enquanto que cinismo e ironia não se encontram por perto”. A revista americana, Rolling Stone diz “o Matthews fica silencioso, contemplativo, e invulgarmente doce em músicas deslumbrantes como em ‘Here On Out’ e livre como em ‘Black and Blue Bird'”.

Fonte: Everything Is New

Posted in Noticias | Tagged , , | Leave a comment