Sons D’Cave abrem a porta para–COSMIC MASS

Qualquer dia é bom para trazer novidades ao Cave, agora imaginem os tempos psicadélicos dos anos 60, um stoner rock, boa vive, paz e amor e muito boa música. É nisso que apostam os Cosmic Mass, um quarteto de Aveiro cujo disco de estreia tem previsão para o primeiro mês de Março e que vieram para ficar.

Enjoy!

DSC08122 copy2 Jubilee Street (Marcelo Baptista).jpg

Jubilee Street (Marcelo Baptista).

O disco de estreia dos Cosmic Mass tem lançamento previsto para 1 de Março, numa odisseia vibrante para tod@s @s fãs de rock.

Com a bagagem cheia de fuzz e riffs que te expropriam os ouvidos, os Cosmic Mass são a resposta da Beira Litoral à mais recente onda psych-garage que tantos discos nos tem dado nos últimos tempos.

Juntos que nem colegas de carteira, André Guimas, Miguel Menano, Pedro Teixeira e António Ventura chegam com Vice Blooms, disco de estreia que peca pela maturidade que descreve a criatividade rock n’roll de um projecto embrionário.

Há garantia de um concerto frenético, o quarteto aveirense é capaz de converter as vibrações do palco em energia renovável em apenas 40 minutos de rock sem prefixo. Dos King Gizzard & The Lizard Wizard aos Oh Sees, e com toques de Syd Barrett a camuflar o psicadelismo na fauna do garage-rock, isto são malhas de te fazer crescer a barba com a aura pop típica dos anúncios da TV. Resumindo: um mimo de rock!

I’ve Become the Sun” é a música com a qual os Cosmic Mass se dão a conhecer ao mundo e percebe-se porquê. Rápido, cheio de energia e viciante, este hino àquele momento da noite de adrenalina e peito feito em que uma pessoa se sente invencível e o maior do mundo, é uma perfeita amostra daquilo que a banda é e tem para oferecer.

Com isto, deixaram os Cosmic Mass encarregues de fazer o seu próprio videoclip. O que acontece quando se dá uma câmara a quatro gajos com mentalidade de criança? Em “I’ve Become the Sun” vê-se a banda a interpretar da forma mais literal possível a letra da canção num videoclip que promete mostrar os Cosmic Mass da forma mais Cosmic Mass possível.

Tour:
2 de Março, Porto, Barracuda
15 de Março, Estarreja, Kola Moka
22 de Março, Esmoriz, Uncle Joe’s Bar
4 de Abril, Aveiro, GRETUA
10 de Maio, Évora, She
11 de Maio, Figueira da Foz, DRAC
13 de Julho, Ponte de Lima, Ecos do Lima

Advertisements
This entry was posted in Sons D'Cave and tagged . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s