Raio-XIS visita em pormenor 47 de Fevereiro

Nova consulta e novo Raio-XIS, desta feita chamamos à sala os 47 de Fevereiro, uma banda resultante da fusão de diferentes caminhos, mas com uma meta comum, a boa música.

44326573_2152423761443582_3287924110788657152_n

1. Qual o vosso percurso musical?

Ui, pergunta de resposta longa… Fomos-nos cruzando em vários grupos, desde Touro, passando por Retimbrar, Funkyard, Teia ou pela Stopestra; fomos fazendo caminho juntos ou noutras bandas, e a certa altura os 47 FVR foram ganhando a sua forma a partir das cinzas de Touro até à estreia a 30 de Dezembro de 2015 no extinto Cave 45, no Porto.

2. Como caracterizam o vosso projecto?

Fute-Rock Mediterrânico! Fazemos a música que nos dá na gana, sem filtros, sem condicionalismos, no qual o principal compromisso é a coerência do nosso som com aquilo em que acreditamos.

3. Referências do mundo da música?

Vamos-vos dar o nosso 11 inspirador para esta banda:

The Cult, Rage Against The Machine, Nine Inch Nails, The Clash, Alice in Chains, Faith No More, Mano Negra, Pride & Glory, O Rappa, Stone Temple Pilots… e o número 10 é o Carlos Paredes!!

Claro que há mais opções no banco… Ahah!

4. Quais são os vossos filmes/livros favoritos?

Difícil escolher entre tantos… Mas para o imaginário de 47 FVR diria que livros como “1984” (George Orwell), “Admirável Mundo Novo” (Aldous Huxley), “As Vinhas da Ira” (John Steinbeck) ou “A Obra ao Negro” (Marguerite Yourcenar) assumem um papel central. Assim como os álbuns do Astérix (Gosciny e Uderzo) e a resistência da sua aldeia “ainda e sempre ao invasor” ou da Mafalda (Quino) e a sua visão do mundo.

Quanto a filmes… ”Il Divo” (Paolo Sorrentino), “Snatch – Porcos e Diamantes” (Guy Rotchie), “O Sentido da Vida” (Terry Jones) ou “Delírio em Las Vegas” (Terry Gilliam) acabam por de alguma forma estar presentes no nosso som.

5. O que vos encanta no mundo enquanto artistas?

Precisamente o Mundo e as suas múltiplas idiossincrasias. Mas tens de fazer por manter viva a Esperança perante tanta injustiça, tanta coisa feia…

6. Se a vossa música pudesse mudar alguma coisa na mentalidade das pessoas o que gostariam que fosse?

Quem sabe?? Se a nossa música contribuir para as pessoas curtirem um rock pesado e eventualmente pensar ou falar sobre os temas que abordamos, já nos damos por satisfeitos. Se isso de alguma forma servir para que alguém mude alguma coisa na sua vida, na sua mentalidade e atitude que a façam sentir-se melhor, perfeito!! Valeu a pena… 🙂

7. Onde gostariam de tocar ao vivo?

Já no próximo concerto!! E, claro, Wembley… the home of Football!! 🙂

8. Quais os vossos projectos para o futuro?

O clássico… Fazer músicas novas (o que nos dá um prazer imenso!), programar mais concertos e ir por aí fora tocar a nossa música, e começar a preparar o próximo disco… Já estão a aparecer novos “produtos da cantera” que prometem… ahah… Segue caminho!!

9. Descrevam-se numa palavra

Independência!

Advertisements
This entry was posted in Raio-XIS and tagged , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s