Noctem – Review de “Haeresis”

haeresis-cover

Nuestros hermanos Noctem, já levam 15 anos bem vividos de black death metal e o seu 4º álbum “Haeresis” lançado em 2016 é a prova auditiva dessa experiência. Muito bem equilibrado entre a agressividade, a emocionalidade e uma excelente produção que capta a essência Noctem.

Este álbum é uma montanha russa harmoniosa entre uma velocidade atroz e a melodia, a oscilação entre variadas influências como: Dimmu Borgir, Behemoth, Gorgoroth ou Absu; conferem uma sonoridade única e muito própria a Noctem.

Comparando “Haeresis” com “Exilium” (álbum lançado em 2014), além da alteração de dois membros, Noctem tem vindo a refinar a sua marca ao longo do tempo.

Abrem o álbum com “Through The Black Temples”, sem perder tempo a uma velocidade vertiginosa e básicamente todo o álbum mantém este ritmo, deixando um espaço breve de paz no tema “The Dark One”.

Sem artifícios e orquestrações desnecessárias, os ouvidos enchem-se de riffs rápidos e uma bateria de ritmo quase inumano. Limpos de elementos antigos que certamente não cabiam na sua visão, convertendo Noctem de uma simples banda de death metal numa besta feroz.

Se esta era uma banda que já tinha captado a vossa atenção, “Haeresis” é o álbum perfeito para ouvirem, abrasivo e de fórmula viciante, um assalto de cerca de 45 minutos para os sentidos.

Texto por: Andreia Vidal

Advertisements
This entry was posted in Criticas & Reviews and tagged , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s