Feed Me Fest III

O dia 16 de Janeiro ficou marcado com mais uma edição de Feed Me Fest organizado pela Bulldozer On Stage, com o objetivo de ajudar os nossos amigos de quatro patas, desta vez da Sociedade Protetora dos Animais do Porto. Um festival que em 2014 angariou 250kg, em 2015 500 kg e este ano chegou aos 677 kg – um grande marco para a organização. Esta iniciativa teve a participação de Thishonor, Anarchrist, Stubborn e Gates of Hell.

22012016Thishonor-2141
Para começar a noite atuaram os Thishonor. A banda portuense, de Death Metal entrou em força, uma grande abertura com boa prestação e uma postura incrível em palco, e mostraram um bom trabalho de equipa, visto que começaram recentemente nos palcos. Uma setlist composto por “Lost in Emptiness”,

22012016AnarChrist-118
“Apocalypse of Sin” e outros temas recentes da banda “criaram” o caos com vários mosh pits.

De seguida subiram ao palco os Anarchrist. Apesar de terem um público mais tímido em iniciar circle pits (mesmo recebendo incentivo da banda), não impediu de fazer um grande brilharete aumentando a velocidade do ritmo deixado pela banda anterior. Uma performance que mostrou confiança e experiência, por parte dos membros.

A terceira banda foi Stubborn, que o ano passado lançou o seu álbum “Luto e Terra”. Desta banda digamos que me deixou boquiaberto, sendo esta a primeira vez que assistia a um concerto da banda, mas tendo acompanhado o seu trabalho. “Looping Lie”,

“Trust Nobody” e “Obsession” – dedicada às meninas e com a ajuda de um antigo membro 22012016Stubborn-121
na guitarra clássica – foram três destaques que faço da incrível performance feita nesta noite. Performance muito boa, que ultrapassou as minhas expetativas.

E para fechar Gates of Hell, apresentaram ao Metalpoint o novo vocalista – Diogo
, baterista dos Wrath Sins – já tendo sido revelado em Dezembro passado no
Raising Legends Xmas Fest. Na minha opinião, está aprovado, é um vocalista que segue a mesma linha do Raça.

Esta é uma banda já bem conceituada no Metal Underground Português, e como tal não desapontou, conseguiu que o público se mexesse do início ao fim, tanto com mosh pits como headbang. Nesta performance podemos presenciar temas como “Face Your Fears”, o single, do novo álbum a sair brevemente, “My Path” e para finalizar “Critical Obsession” com a companhia de Tiago Cardoso, vocals dos Happy Farm.

22012016GatesOfHell-312

Pelo terceiro ano consecutivo, foi uma noite memorável com cerca de 200 pessoas presentes que foram para curtir quatro bandas de Heavy Metal, mas também com o objetivo de ajudar a Sociedade Protetora dos Animais do Porto, tendo ou não animal de estimação. E é com estes gestos que mostramos às “pessoas normais” que metalheads a sério não são más pessoas…

Advertisements
This entry was posted in Reportagens and tagged , , , , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s