Pelos capítulos de António Parada

Desta vez o tema da conversa que nos levou a esta entrevista, não se centra entre os riffs de uma guitarra, a subtileza de um baixo, nem pela leveza de uma voz. Não também não nos perdemos entre os pratos de uma bateria.

Desta vez a nossa conversa leva-nos pelo imaginário das páginas de um livro.

O titulo sugere-nos o Éden e o autor os sorrisos fáceis.

11930927_886990438047422_4005509217801968399_o

Ola António, antes de mais obrigada pela entrevista.

  1. Vamos começar por ti, antes de falar dos teus livros. Diz-nos quem é o António Parada?

Eu é que agradeço a oportunidade à Loudness! O António Parada é mais um bom rapaz que gosta dos prazeres da vida e odeia a hipocrisia. Para além dos seus gostos literários que se estendem pelo fantástico e pelo thriller, e que copiam o mesmo estilo cinematográfico, gosta de praticar desporto com assiduidade. A música mais extrema, o heavy-metal, é como que uma extensão da sua personalidade.

2.  De onde surge a tua inspiração na criação dos teus livros?

Bem, essa inspiração decorre, essencialmente, dos gostos que referi anteriormente. Sou um leitor compulsivo desde tenra idade, bem assim como um cinéfilo crónico. Procuro claro, o insólito, o inusitado, uma outra interpretação para todo o tipo de fenómenos que nos rodeiam, quase em género de provocação. Mas se quisermos concretizar, os autores que mais me inspiraram foram: José Saramago, José Luís Peixoto, Carl Sagan, Franz Kafka ou Haruki Murakami.  Porém, a narrativa com a qual me identifico melhor é precisamente a de Stephen King.

  1. Até que ponto a tua literatura encaixa no metal e o que poderão encontrar os amantes desse estilo musical entre as linhas dos teus livros?

Directa ou indirectamente esse encaixe está lá bem presente nas linhas e entrelinhas: nas temáticas, nas personagens, nas suas personalidades e gostos. Um gosto muito concreto pela irreverência. São sugeridas sucessivas imagens sonoras tendo como pano de fundo, uma banda, uma música, um evento, etc…

 4. Como foi a tua experiência este ano em Vagos?

Bastante positiva! Apresento, pelo segundo ano consecutivo, um livro no festival. Começa já a ser tradição. É um excelente palco, uma excelente montra. Exista, agora, um ainda maior interesse e curiosidade na comunidade “metálica” relativamente ao meu trabalho, já que os meus leitores de eleição são precisamente eles.

 11880667_881837211896078_425557111085300050_n5. Diz-nos como foi a recepção no passado dia 19 na Feira do Livro? Correspondeu as tuas expectativas?

Sim, reconheço que correspondeu! Foi apenas mais um evento. O livro não esgotou nem vendeu exemplares aos milhares mas suscitou muita curiosidade. Ou seja, deixou uma marca! Muitos dos que lá estiveram presentes, mas que não puderam ou ousaram comprar o livro nessa altura, por razões várias, estão a adquiri-lo agora.

  1. Que conselhos darias a quem quer começar agora o árduo caminho da escrita?

Em primeiro lugar: acreditar no seu trabalho. Depois, perseverança, dedicação e uma atitude pró-activa, quase agressiva (mas diplomática). Não devem contar com facilidades e portas escancaradas. Somos nós que as temos de abrir… aos poucos!

 7. Quais são os autores e os livros que te marcaram?

Já referi alguns autores em cima. Mas posso reforçar que em termos de obras, marcaram-me muito particularmente, o “Samitário das mascotes”, de Stephen King (erro intencional), “O Evangelho Segundo Jesus Cristo” de José Saramago, “Metamorfose” de Franz Kafka ou o “Cosmos” de Carl Sagan.

  1. Por fim descreve-te numa palavra

Perseverante!

O meu agradecimento quanto a possibilidade de fazer review do teu livro, estou desejosa de o puder ler.

Advertisements
This entry was posted in Entrevistas and tagged , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s