Sons D’Cave abrem a porta para – Obsidian

De volta ao fim de mais uma semana que esperamos tenha sido de muito boa música. Como é “habitué”, mesmo com uns domingos de paragem, por aqui é dia de abrir as porta da cave para vos dar a conhecer mais algum som que nos chega.

Este vem directo de Nürnberg, pela mãos de Sascha Pratnekar, simpático, disponível e com uma capacidade formidável de nos fazer parar pelos instantes em que o ouvimos.

Convosco deixamos Obsidian, e como sempre a apresentação fica a cargo do seu responsável Sacha!

\m/

1Some may know me as the former drummer of Deathronation, Necropsy or Existence. My actual band is Era Hex. I used to play in bands for about 15 years now. But this time I wanted to create my own vision of death, hate, pain and love; the sound of my favourite Metal-, Punk– and Hardcore-Bands from the 90s merged with the feelings I had during all the battles I fought.

Alguns podem conhecer-me como ex-baterista de bandas como Deathronation, Necropsy ou Existence. A minha actual banda é Era Hex. Estou acostumado a tocar em bandas, vai já para 15 anos. Mas desta vez eu quis criar a minha própria visão de morte, ódio, dor e amor; as músicas das minhas favoritas Metal-, Punk- Hardcore dos anos 90 acabaram por emergir junto com os meus sentimentos que senti através de todas as batalhas que lutei.

“This is the insight of a man warmed by a pall of passion while cherishing the bitterness of joy.”

“Esta é a visão de um homem aquecido por uma nuvem de paixão enquanto acalenta a amargura da alegria. “

 

2The idea of “Eyehate” first came up at the end of the past millennium. But it disappeared as suddenly as it came. Although I wrote some songs and developed some Ideas no real steps followed.

A ideia do “Eyehate” surgiu no fim do passado milénio. Mas desapareceu tão subitamente como apareceu. E embora eu tenha escrito algumas músicas e desenvolvido algumas ideias nenhum verdadeiro passo se seguiu.

I carried on playing in Death-Metal-Bands as a drummer.
Ten years later I finally decided to produce and release two songs. After that the flow ceased once more. And now, 5 years later, here it is again: This urge to stop routine and getting creative.

Continuei a tocar em bandas Death-Metal como baterista.

Dez anos depois finalmente decidi produzir e lançar duas músicas. Depois disso a corrente parou uma vez mais. E agora, 5 anos depois, aqui esta ela novamente: Este desejo de parar com a rotina e alcançar o criativo.

With the beginning of 2015 I changed concept and Name and my debut-full-length was born.

Now there is not turning back!

Com o inicio de 2015, alterei o conceito e o nome e o meu longo projecto nasceu.

Agora já não existe forma de voltar atrás.

Best wishes / Cumprimentos

Sascha Pratnekar

Advertisements
This entry was posted in Sons D'Cave and tagged . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s