As They Come; LYFORTHEAD; Life or Decay; Venial Sin & Survive the Wasteland fizeram o” WOLFHEART FEST” – Metalpoint

No último sábado, dia 11 de julho, o Metalpoint foi novamente palco de um evento de luxo: a primeira edição do WOLFHEART FEST.

Talvez 5 bandas seja demasiado para um evento deste tipo, sobretudo devido aos atrasos normalmente existentes nestes eventos. Com o avançar das horas começa a ser notório o cansaço do público levando mesmo a muitas desistências, o que não é muito favorável para as últimas bandas.

Os primeiros a conquistar o palco (E O PÚBLICO) foram os AS THEY COME. A banda vinda de São João da Madeira parece saída de uma vila dos Estados Unidos. Já tínhamos tido o prazer de ver uma atuação da banda no Canecas Fest, em Paços de Ferreira. Na altura eles substituíram os Serrabulho que cancelaram a sua participação à última da hora mas, ainda assim, não deixaram os créditos em mãos alheias. Sábado passado isso comprovou-se mais uma vez. A banda é detentora de um som muito próprio sendo evidente que todos os elementos possuem influências distintas que, no entanto, se casam da melhor forma. Tanto num registo mais stoner como num registo mais limpo, Sick Danny [vocalista] é surpreende, não só com a voz como também nos arranjos que faz com a harmônica e na precursão.  A banda encontra-se em fase de produção do seu primeiro EP “as they come” que será apresentado dia 29 de Agosto Casainhos Fest.

astheycome-16

Foi também no Canecas Fest que tive o enorme prazer de ver pela primeira vez a banda que se seguia. Os LYFORDEATH são o exemplo que é possível fazer música interessante dentro do thrash, death com algumas pitadas de doom metal sem cair no “mais do mesmo”.

LYFORDEATH-10

Chega a vez dos LIFE OR DECAY, encabeçada pelo organizador deste evento, o vocalista Fábio Infante. A banda de hardcore/metalcore apresentou-se recentemente ao vivo, com o primeiro concerto dado passado mês de junho, em Lisboa. Encontram-se de momento a terminar o seu primeiro EP de estreia que foi apresentado naquela noite, no Metalpoint. Com grande receptividade do por parte do público, um dos pontos altos foi a cover da musica “Carrion” da banda Parkway Drive, com a qual terminaram a sua atuação. Fábio Infante, entre os simpáticos agradecimentos que fez,  mencionou ainda o fato de o Porto ser privilegiado em relação  Lisboa por ter um local dedicado a 100%  ao underground nacional (e não só).

LifeOrDecay-7

A penúltima banda a entrar em ação foram os VENIAL SIN. Mais uma vez, o quarteto de Vila Real fez a delícia dos presentes com o som o seu estilo que faz a mistura entre os prog death metal e o prog rock, marcado por passagens orquestrais bem elaboradas. Os vocais de Pedro Matos enquadram perfeitamente em todas as partes das músicas em que estes se ouvem juntamente com a voz do Renato.

VenialSin-15

Para terminar a noite, os SURVIVE THE WASTELAND fizeram o público acordar, já que dado o avanço da hora estava um pouco adormecido. Sem falhas e com todos os temas bem executados de forma coesa e precisa, a banda de death metal  teve, mais uma vez, uma prestação distinta com apontamentos de um bom groove nos temas aliado a um registo death core que bem caracteriza a banda. Com já referimos, Cláudio Moreira é um excelente performer com um variado registo vocal, depositando em cada tema uma força e dinâmica incríveis, sendo esta última aplicada, e bem, a todos os elementos.

stw-16

Ficamos à espera de uma segunda edição, com a esperança de ver uma casa mais composta, como seria merecido!

Texto e fotografias: Ana Oliveira

Agradecimento especial à Diana Bragança pelos vídeos!

Advertisements
This entry was posted in Reportagens and tagged , , , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s