The Playar: Álbum à venda

unnamedOs The Playar estão muito perto de editar o seu álbum de estreia.

Close Enough to the Sky” ficou disponível em formato digital no dia 6 de Julho e passa a estar à venda em CD na próxima segunda-feira, dia 20. Este é um trabalho que tem o selo da Music In My Soul, do qual “Not Alone” é o single de apresentação.

Os The Playar são um projecto que nasceu em 2009, em Leiria, fruto de várias influências e experiências. Os três elementos fundadores – Luís Emanuel (guitarras e voz), Ricardo Silva (baixo e voz) e Samuel Faria (bateria) –, todos primos, começaram a tocar juntos, criando, improvisando e brincando. Em Junho desse ano juntou-se o quarto elemento, o saxofonista Arnaud António. Desde 2012 que a banda conta também com Paulo Cardoso (saxofone) e, já em 2014, Samanta Batista passou a integrar a formação como vocalista principal.

Esta é uma banda de originais que vai desde o Rock Acústico até ao Hard Rock, com algum sabor a Blues e uma ou outra referência ao Jazz. Com influências diversas, como Dave Matthews Band, Queen, Red Hot Chili Peppers ou Led Zeppelin, são um grupo de criação, improviso, experimentação, sentimento e muito divertimento.

O “nascimento oficial” dos The Playar deu-se no dia 18 de Julho, na sua terra natal, Leiria, com um concerto organizado pelos mesmos. Ainda em 2009, a 25 de Julho, venceram, na Praia do Pedrogão, o concurso de bandas inserido no I Festival de Verão. Desde então, têm participado em vários concursos e eventos musicais: VII Festival Secundário – Gouveia; Festival da Canção TASE 2010 – Santa Eufémia (3º lugar); Concurso de Bandas de Garagem Cano Bravo – Sousel; II Festival de Verão – Praia da Vieira (3º lugar); III Concurso de Bandas de Avelar (1º lugar); Rock Rendez Worten; Levi’s Unfamous Music Awards. De salientar ainda o concerto de 5 de Fevereiro de 2011, no Teatro Miguel Franco, em Leiria, e o concerto integrado nas tradicionais Festas em Honra de Nossa Senhora da Conceição e de Cristo Ressuscitado, em Santa Eufémia.

O nome The Playar lê-se precisamente como “the player”, em inglês. Trata-se de um discreto jogo de palavras, que junta “play” (tocar) e “are” (somos): significa “tocamos o que somos”, uma banda que toca o que é e o que vive.

Fonte: Music In My Soul

Advertisements
This entry was posted in Noticias and tagged , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s