Raio-XIS visita em pormenor Templários do Rock

De volta ao nosso país para mais uma consulta de radiologia 🙂 … O Raio-XIS desta vez toca ao som do Rock’n’Roll, centra-se na cidade do Porto e trás os Templários do Rock.

O exame esta a cargo do Templário Lourenço de Payens fundador e mentor da banda. Ao qual agradecemos desde de já a disponibilidade e as excelentes respostas.

Nada como voltar a casa!

Rock on \m/

unnamed (1)

1. Qual o vosso percurso musical?

Os Templários do Rock começaram em 20-12-2005 e o nome foi escolhido por mim pois na noite de 19-12-2005 tive um sonho em que me vi vestido de Templário e a tocar numa banda, daí o nome Templários do Rock. A primeira formação teve somente dois elementos o Templário Afonso e Templário Henriques (o que dava Afonso Henriques, o primeiro Rei de Portugal e também ele Templário, ou pelo menos amigo deles) e assim andamos cerca de quatro anos. No último ano desta formação metemos mais um elemento no baixo e passamos a ser um power trio. Durante esses cinco anos foram gravados dois álbuns na Valentim de Carvalho: “Avant-garde Rock DeMolay” e “Parasitas e Lóbis”. Depois desses cinco anos e aquando da gravação do terceiro álbum intitulado “Templários do Rock” eu, ainda “Templário Henriques” entrei em desavença por motivos que não interessa divulgar com o meu colega “Templário Afonso” pelo que não me restou alternativa senão pô-lo fora da banda e passar da bateria para a voz e assim gravar o dito álbum sozinho sem banda. A partir desse momento deu-se a grande viragem na banda e formei uma banda de cinco elementos, duas guitarras, baixo, bateria e voz. Na procura da formação ideal já passaram pela banda cerca de 30 elementos o que levou a compararem-me ao Mark Edward Smith (fundador dos The Fall). Depois de ter feito dois vídeos “Injecta o teu Veneno” e “Vampiros do Rock’n’Roll” com a Dawn Pictures, conheci o Bruno Silva, então guitarrista dos “Heavenwood” e com ele gravei mais um álbum e dois Ep’s: “Em Português! In English! It’s Only Rock’n’Roll and I Like It” e dois Ep’s “Face de Porco” e “Animais em Fúria”. A qualidade das músicas e dos vídeos granjeou-me tal simpatia e reconhecimento que a partir desse momento não me faltaram músicos de extrema qualidade para fazerem parte do projecto ou entrarem como convidados especiais. Neste momento após 10 anos de existência e de concertos com quatro álbuns e dois Ep’s gravados, a banda está na sua máxima força com a melhor formação de sempre e quem nos vê uma vez fica rendido à magia e à força que esta banda irradia em palco. Banda formada por Templário Lourenço de Payens – Voz e letras, Roger “O Mágico” Soares – Guitarra solo, Roger “The Rocket” Campos – Guitarra ritmo, Bruno “Viking” Gomes – Baixo e Bruce Solom – Bateria, que neste momento se encontra a compor o novo álbum.

2. Como caracterizam o vosso projecto?

O nosso projecto trata-se de fazer música crua liricamente, sem rodeios, frontal, directa à consciência, reveladora dos pensamentos da maioria das pessoas que, por receio, não dizem o que pensam, retractando bem a forma de pensar do Português. É espontânea e explosiva pois só assim se poderia conseguir uma combinação musical e lírica com energia, raiva e revolta à mistura. Energia porque é necessário movimento, acção e vontade para despertar mentes adormecidas; raiva porque parece ser a única forma de ferir consciências cuja inércia é permanente; e revolta, talvez, pela impotência de conseguir solucionar uma série de problemas que são autênticas chagas da sociedade portuguesa. O rock’n’roll é a arma ideal para um combate alimentado pelo querer e vontade próprias, servindo de expressão de opiniões críticas, mas construtivas, para um País a necessitar urgentemente de se cultivar e regenerar política e socialmente.

3. Quais as vossas referências no mundo da música?

As minhas referências são: Ao principio Uriah Heep, Led Zeppelin, Black Sabbath, Mott The Hoople, Thin Lizzy, Rolling Stones, Pink Floyd, Beatles, Animals, Grand Funk Railroad, Budgie, Atomic Rooster, Slade, Sweet, T-Rex, Leo Sayer, Otis Redding, David Bowie e posteriormente Blondie, Ramones, Sex Pistols, The Jam, Elvis Costello, Stranglers, Dead Kennedys, UK Subs, Iggy Pop, Billy Idol, The Ruts, Wire, The A’s, The Clash, The Damned, Rezillos, The Saints, Motorhead, Dead Moon e MC5

unnamed4. Como artistas o que vos encanta no mundo e se pudessem mudar a mentalidade das pessoas com a vossa música o que gostariam de mudar?

A natureza, o Império Romano, o misticismo, isto é o que me encanta mais e se pudesse mudar algo era a intolerância e a ganância que o mundo atravessa.

5. Local onde gostariam de tocar ao vivo? E com quem?

Onde mais gostava de tocar era em Tóquio e podia ser com os Dead Moon.

6. O que acham que seria necessário mudar em Portugal quanto ao apoio que existe aos novos projectos e novas bandas?

Acabarem com os lóbis e a corrupção pois quem denuncia tudo o que julga estar mal independentemente da sua cor partidária, apelando somente à justiça, acaba por pagar a factura, o que é o nosso caso. Darem tempo de antena nas televisões a todas as bandas como se fazia mais ou menos nos anos oitenta e aparecerem editoras sem medo de apostarem em novas e ousadas bandas pois sem ninguém a apoiar é muito difícil sai tudo do nosso bolso mas o pior não é isso, é termos um trabalho do melhor que existe no género e não passar nas rádios nem nas TV’s, em suma em lado nenhum, o que mantêm grandes bandas no anonimato durante anos parecendo até que estão sempre à espera que as mesmas desistam e acabem.

7. Projectos para o futuro?

Continuar a luta e tentar levar com sofrimento ou não a nossa música e o nosso trabalho ao maior número de pessoas e ver por fim se conseguimos viver do que gostamos e somos bons a fazer: Música.

8. Por último descrevam-se numa única palavra

Mágicos.

O nosso especial agradecimento ao Miguel B. Ribeiro pela sempre presente ajuda e disponibilidade

Advertisements
This entry was posted in Raio-XIS and tagged . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s