Review: Porta Voz – “Obrigação Alucinação”

2222222

Conhecemos os Porta Voz numa entrevista e desde logo pela conversa maravilhosa ficamos fãs, mas mais ainda quando o Orlando e o Jorge (o Bruno infelizmente não esteve presente) nos ofereceram o CD “Porta Voz – Obrigação Alucinação” ,  e logo na altura foi prometida uma review … pelo meio ainda ficou um concerto em que fizemos a reportagem e galeria fotográfica e onde vimos a excelente performance e a atitude em palco. Neste album, a bateria ainda estava a cargo do Paulo Caldas.

Carregando no play do CD Player a primeira musica com que os Porta Voz nos presenteiam é Obrigação Alucinação, que é a musica que dá nome ao album.

Obrigação Alucinação começa com a guitarra do Orlando e logo aí se começa a viajar para os tempos aureos do Punk Rock dos anos 80.

Com os elementos bem coesos entre si a bateria a casar muito bem com o baixo dá-nos aquela “pica” para saltar e dançar.

Saindo de Obrigação Alucinação, passamos para “Mostra-me” e logo a seguir para “Novo Desafio”.

Novo Desafio é outra malha com uma letra actual e sempre incisiva na realidade da nossa sociedade, falando dos novos desafios que temos de aceitar, e com um refrão orelhudo, que damos por nós a cantar.

Esta música acaba por ser um hino a todos aqueles que lutam todos os dias.

Billy … esta música é especial … especial porque é dedicada ao Billy e porque é a maisDSC00817
“festiva” dando vontade de dançar , cantar … como eu disse à tempos em conversa é uma música que me sabe a Verão.

Um sitio onde possas ficar” é uma das músicas com mais “energia”, ou como se costuma dizer é uma das “mais a abrir”, e esta dá-me vontade de andar na roda.

“Queremos” é outra que se junta a Billy, mais uma música a saber-me a Verão, mas desta vez na voz de Orlando, a voz mais grave do Orlando dá-lhe outra textura, para alem de que esta música conta com a participação de Jaime Oliveira no piano e diga-se de passagem que fica deliciosa.

Vamos encontrar tambem um tema instrumental “Jam” que esta muito bem conseguido e saimos daqui para “Somos Humanos”.

Eu Vou Vencer”, é a música que mais me “tocou” não só pela voz do Orlando mas pela letra e pela sua simplicidade músical que nos consegue colocar quietos a ouvir com toda a atenção,  e damos conta que estamos a mandar calar alguem ao lado para nos deixar ouvir e com um sorriso nos lábios porque nos identificamos na letra e ainda conseguimos identificar alguns amigos .

Para fechar o album em beleza, nada como algo bem Português … e nada como um Malhão-Malhão bem tocado e rasgado para alegrar as hostes.

11026221_1629732293924783_4365586996554343431_nA produção que ficou a cargo de Paulo Vieira (Paulão) está muito bem conseguida, todos os instrumentos e vozes bem alinhados e equilibrados, conseguindo-se ouvir desde o baixo, guitarra, à bateria e respectivos pratos, sem haver atropelos. A voz do Bruno casa muito bem com as backvocals do Orlando, dando uma dimensão muito interessante.

Esta review deu-me um prazer enorme fazer pelo simples facto que me fez voltar aos meus 16 anos e ouvia muito Punk Rock … e disse a mim mesmo…por aqui se vê que o Punk Rock não está morto, está sim BEM VIVO.

Veredicto da Loudness: A adquirir sem falta se gostas do estilo !

Mais info em: https://www.facebook.com/pages/PORTA-VOZ/1471876909761787?fref=ts

Advertisements
This entry was posted in Criticas & Reviews and tagged . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s