De Capa ao ar, cabeça ao léu! As Tunas no Coliseu!

Foi no passado dia 14 que o Coliseu se vestiu de preto, para receber aqueles que encarnam o que é o espirito académico dos nossos universitários…trabalho, dedicação e claro muita diversão.

apresentaçãoEra essa a espectativa para XVIII TUIST e a mesma não nos foi negada, a tradição das “Capas Negras” ainda é o que era e na noite de sábado mostraram que a boa música a que nos habituaram se mantém… assim como se mantém o espectáculo!

A noite começou com a Tuna Académica Liceu de Évora que com os seus 114 anos de música, espirito e tradição foi a escolha certa para aquela que foi uma noite memorável.

Seguiu-se a prova que as mulheres encaram cada desafio de igual para igual, e as meninas da Tuna Feminina do Instituto Superior Técnico são a prova disso mesmo. Juntas desde de Maio de 1994 as “marinheiras” demonstraram que a beleza, a inteligência e a habilidade, fazem a diferença.

A tuna que se seguiu, tinha um sabor especial para a Loudness, já que da Azeituna faz parte um dos nossos queridos membros, desta vez no papel de artista foi ele o observado com atenção.

azeituna universidade do minho

Seguiram-se a Estudantina Universitária de Coimbra demonstrando na voz a tradição da
cidade mítica das mentes universitárias, a Tuna de Engenharia da Universidade do Porto, divertidos animados, iguais a si mesmos, boémios mas conscientes mostram que mantém o lema que os rege e mantém-no bem.

Já quase no término desta memorável noite entra em palco a Scalabituna, Tuna do Instituto Politécnico de Santarém que mantém bem patente a amizade e o companheirismo que seguem em vida, no palco…

A noite findou ao som da T.U.I.S.T., demonstrando que o I TUIST que decorreu em Março de 1993 na Alameda do Instituto e que agora se realizou no Coliseu mantém o mesmo espirito de união e fraternidade onde impera os valores de partilha e de convívio saudável, fruto de anos de estudo.

publicoPara nós foi a prova que a música é de facto um elo de ligação onde não existe nem credos, nem sexo e muito menos discórdia.

Agradecemos de coração a noite que nos proporcionaram e que se irá manter certamente no nosso e no coração do público que esteve presente, naquela que é já uma mítica noite. Público que se manteve de ligado a cada Tuna que actuou de alma e de coração, tornando o XVIII TUIST, muito mais que um festival. Tornando-o mais um daqueles momentos que gostamos de recordar.

Esperamos ver-vos no próximo ano!

estudantina universidade de coimbra

scalabistuna - instituto politecnico de santarem

tunade engenharia da universidade do porto

tuist

Advertisements
This entry was posted in Reportagens and tagged , , , , , , , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s